7 de setembro no Pico Paraná

### Quarta-feira, 06 de setembro ###
18:00h – Chalé Mágico – Altitude: 30m

Ansiedade a mil. A previsão se manteve e teríamos tempo bom no final de semana, sol com poucas nuvens. Começo a arrumar a mochila, dentro tem:
– Roupas: Corta vento, fleece, segunda-pele (calça e camisa), uma bermuda, uma camiseta, par de meias e cueca;
– Comida: 5 miojos, 4 barras de cereal, um pote de amendoim, uma barra de chocolate, dois pacotes de discoito e uma lata de sardinha;
– Equipamentos: Isolante, saco-de-dormir, barraca, gás, lanterna de cabeça e de mão, canivete, leiteira (guerreira que está conosco desde Ushuaia), papel-higiênico, repelente, carteira;
– Eletrônicos: GoPro, 7D c/ 35mm, celular.

Termino de arrumar a mochila às 22:25h e vou dormir.

Montagem Mochila Pequena

### Quinta-feira, 07 de setembro  ###
07:00h – Chalé Mágico – Altitude: 30m

Acordo, tomo banho, vou trabalhar.
Só consigo pensar na montanha e devo ter falado “Pico Paraná” umas 50 vezes no trabalho.
Saí às 17:30h dizendo que se eu não mandasse notícias no Domingo era pra chamarem o resgate.

22:30h – Fazenda Pico Paraná – Altitude: 960m

Somos 3 no grupo. Eu, Glauco (Mochilando Sem Fronteiras) e Jonas, amigo do Glauco que eu tinha acabado de conhecer. Os dois já haviam subido o Pico Paraná duas vezes, nenhuma delas com tempo aberto e estavam tão ansiosos quanto eu.

Barraca montada, cama pronta. Como meu Subway de janta, faço algumas fotos, e mais ou menos às 23h durmo.

Acampamento Fazenda Pico Paraná

Noturna Fazenda Pico Paraná

### Sexta-feira, 08 de setembro  ###
04:00h – Fazenda Pico Paraná - Altitude: 960m

Acordo, como um miojo e uma barra de cereal, desmontamos o acampamento, fomos até o carro deixar algumas coisas e iniciamos a subida às 05:00h.

Preparação Fazenda Pico Paraná 1

Preparação Fazenda Pico Paraná 2

Cada um com sua lanterna, fomos iluminando o início mais tranquilo da trilha, íngrime, mas regular, sem muitos obstáculos.
Às 06:30h chegamos em umas pedras que servem como um mirante excelente e paramos um pouco pra curtir o início do dia.

Trilha Noturna Pico Paraná 1

Trilha Noturna Pico Paraná 2

Dia nascendo - Trilha Pico Paraná 1

Dia nascendo - Trilha Pico Paraná 2

Dia nascendo - Trilha Pico Paraná 3

Dia nascendo - Trilha Pico Paraná 4

A trilha do Pico Paraná é bem demarcada e passa por vários tipos de terreno. Tem momentos em campo aberto, trechos de mata mais fechada passando por valos formados pela água, muitas raízes e pedras formando escadas com degraus muitas vezes maiores que a extensão das pernas, forçando uma “escalaminhada”. Alguns pontos contam com o auxílio de cordas e grampos de ferro fixados nas pedras.

Depois de reabastecermos nossas garrafas na bica, subimos mais ou menos por 30 minutos e encontramos pessoas descendo, que nos informaram que o último ponto de água era a bica que havíamos passado. Que devido ao tempo seco das últimas semanas, praticamente todos os córregos da trilha estavam sem água e que os pontos em que normalmente eram pontos de reabastecimento estavam secos ou quase secos.

Jonas e Glauco - Trilha Pico Paraná

Flores no caminho - Trilha Pico Paraná 2

Escalaminhada - Trilha Pico Paraná

Subida entre raízes - Trilha Pico Paraná

Ponto de água - Trilha Pico Paraná

Estávamos apenas com 1l por pessoa, jamais poderíamos seguir em frente só com essa quantidade de água se quiséssemos atingir o cume. Decidimos voltar até a bica e encher mais garrafas que havíamos levado e também pegamos algumas outras garrafas com outras pesoas que desceram nesse meio tempo enquanto decidíamos o que fazer. Então subimos um pouco mais pesados do que o esperado, carregando mais ou menos 2,5l cada um.

Conforme fomos subindo começamos a duvidar do fato da bica ser o último ponto de água viável, fomos perguntando pra outras pessoas que encontrávamos no caminho e alguns estavam dizendo que haviam vários córregos secos, mas que haviam outros pontos onde podíamos reabastecer as garrafas. Não demorou muito e encontramos esses pontos.

Ficamos putos com os primeiros camaradas que alegaram que não havia mais água dali pra frente e faço aqui o meu momento revolts: “na trilha (e na vida) se você não tem certeza da informação, considere guardá-la pra si mesmo para não prejudicar outras pessoas, mesmo que, no fundo, sua intenção seja boa“. Enfim, reabastecemos as águas e seguimos o caminho. 2,5l por pessoa não era muito, mas era o suficiente se racionássemos e mantivéssemos o controle.

Primeira vista do Pico Paraná

Paredão - Trilha Pico Paraná

Panorâmica Trilha Pico Paraná(Clique para abrir em alta resolução)

Glauco fotografando - Trilha Pico Paraná

Mais ou menos às 13:00h chegamos ao Acampamento 2 (1630m de altitude) e montamos as barracas. Ficamos de boa durante a tarde toda, comemos, demos uma caminhada ao redor do acampamento e tiramos um cochilo. Depois vimos um pôr do sol maravilhoso, comemos e voltamos pra barraca pro sono que duraria até o dia seguinte.

Vista da barraca - Pico Paraná

Vista para o Vale - Pico Paraná

Barraca montada com vista - Pico Paraná

Acampamento Pico Paraná

Vista Panorâmica - Acampamento A2 - Trilha Pico Paraná(Clique para abrir em alta resolução)

Pôr do Sol - Pico Paraná 1

Pôr do Sol - Pico Paraná 2

Pôr do Sol visto da barraca - Pico Paraná 3

### Sexta-feira, 09 de setembro  ###
04:30h – Acampamento A2 - Altitude: 1630m

Acordamos, comemos, preparamos a mochila pequena com água e as câmeras para ir em direção ao cume e ver o sol nascer. Novamente, munidos das nossas lanternas, iniciamos a subida final, que conta com mais trechos contendo grampos de ferro para auxiliar na subidas mais complicadas. Chegamos no cume (1877m de altitude) antes das 6:00h e acompanhamos o sol nascer por cima do mar de nuvens. Um cenário quase surreal, um sentimento de grandeza e de conquista. Um momento sublime.

Sol nascendo - Cume Pico Paraná 1

Mar de nuvens - Sol nascendo - Cume Pico Paraná

Jonas - Sol nascendo no Pico Paraná 1

Glauco - Sol nascendo no Pico Paraná

Sol nascendo - Cume Pico Paraná 2

Sol nascendo - Cume Pico Paraná 3

Sol nascendo - Cume Pico Paraná 4

Sol nascendo - Cume Pico Paraná 5

Grupo no Cume - Pico Paraná

Sol nascendo - Cume Pico Paraná 6

Soltando pipa no cume - Pico Paraná

Vista trilha - Pico Paraná 09

Vista trilha - Pico Paraná 10

Vista trilha - Pico Paraná 08

Vista para acampamento A2 - Pico Paraná
Na parte inferior da foto acima é possível ver o acampamento A2, os dois pontos laranjas são nossas barracas.

Vista trilha - Pico Paraná 05

Vista trilha - Pico Paraná 06

Retornamos ao acampamento, comemos novamente, desmontamos as barracas e carregamos tudo. Estávamos cansados, a subida não tinha sido leve e o mesmo sol que nos proporcionou momentos extasiantes como os que você viu nas fotos, também nos castigou em vários outros momentos. A fadiga era grande, mas estávamos mais animados, mais leves e com a gravidade ao nosso favor.

Vista trilha - Pico Paraná 11

Chegamos na fazenda novamente às 14:00h. São 7,5km de distância, 15km para ida e volta. 1400m de altura acumulada e 930m de diferença de altitude. Levamos mais ou menos 8:30h para subir e 5:30h para descer.

Custos: R$15,00 na fazenda, R$50,00 de comida (com o subway da janta e café da volta) e R$40,00 da divisão da gasolina e pedágio.
E o clichê: ver o sol nascer do ponto mais alto do sul do país: não tem preço.
Valeu Glauco e Jonas, foi animal! Mais uma conquista pra conta.

Posts recomendados

Deixe um comentário

Contato

Deixe sua mensagem aqui, te responderemos assim que pudermos. :)

Not readable? Change text. captcha txt
SOS Amazônia